Converter maquinas fisicas Linux para VmWare Esxi

Conversão de Ubuntu para VmWare

A pedido de várias famílias deixamos aqui um pequeno tutorial sobre como converter maquinas físicas (Ubuntu, por exemplo), com ou sem ambiente gráfico, para uma infraestrutura VMware vSphere  Hypervisor™ ESXi (gratuita).

Para este exemplo foram usadas as versões VMware vSphere Hypervisor™ (ESXi) 5.0 como InfraEstrutura e VMware vCenter Converter Standalone 5.0  para Windows para  instalação numa máquina qualquer da rede (usámos a versão windows pelo simples facto de já estar instalada numa máquina de testes!).
Continue reading

Crie um bom projeto de client computing

A combinação entre tecnologias de virtualização e streaming cada vez mais significará que capacidades semelhantes poderão ser entregues aos usuários de inúmeras formas.

O desenvolvimento de tecnologias em múltiplas áreas gerou uma ampla e confusa gama de opções de fornecimento de capacidades de client-computing para clientes.

Optar por um tipo de arquitetura está se tornando uma tarefa complicada. A padronização dos processos de gerência e da infraestrutura continuará sendo a base da eficácia operativa, porém os processos de gerência serão mais tolerantes em relação à diversidade de dispositivos e arquiteturas. A compatibilidade com o gerenciamento e a infraestrutura de segurança é o fator decisivo para determinar quando se devem adotar e implementar tipos de arquiteturas de client-computing emergentes. Continue reading

Preparando ambiente de estudo com Hyper-v – Parte 3

MCSA

Dando continuidade ao nosso post, agora chegou a hora e preparar todas as VM’s zeradas e coloca-las para o ambiente de estudo. Disponibilizaremos um Script usando o Robocopy para realizar a restauração dos discos virtuais originais. Continue reading

Virtualização – O que é e para que serve?

Todos os dias quando procuro novidades tecnológicas tenho visto cada vez mais a palavra “virtualização” a aparecer nos títulos das notícias. Alguma vez se perguntaram exatamente o que é “virtualizar um SO” ou mesmo uma aplicação?

Tentarei no artigo seguinte dar uma ideia geral sobre os vários tipos de virtualização e que objectivos se podem obter.

Continue reading