Pacotes de ícones para usuários do Windows no Linux

Para quem esta migrando o sistema operacional dos desktops da empresa que usava o antigo XP para o sistema Linux, pode ficar tranquilo quanto a familiarização dos usuários ao novo sistema. A dica de hoje é um tema e um pacote de ícones para usuários que estão vindo do Windows ou que simpatizam com o visual desse sistema.

win-1
Se você acabou de se mudar a partir do Windows ou quer mudar de Windows para Linux e você gosta interface do Windows, instale esse conjunto de temas e ícones no seu desktop Linux para torná-lo parecido com o Windows. Apesar deste pacote possuir temas e ícones do Windows 7 e 8, pode ser que você não encontre alguns ícones. O pacote é compatível com os ambientes Unity, Mate e Cinnamon. Mas para melhores resultados, use o desktop Mate, pois nele fica bem mais parecido com o Windows.

Veja algumas imagens, para ter uma ideia de como ficam os ambientes

win-2
win-3
win-4
win-5
win-6
win-7

Instalando pacotes de ícones e temas para usuários que estão vindo do Windows

Para instalar pacotes de ícones e temas para usuários que estão vindo do Windows, faça o seguinte:
Passo 1. Se não estiver aberto, execute um terminal usando o Dash ou pressionando as teclas CTRL+ALT+T;
Passo 2. Se ainda não tiver, adicione esses repositórios usando o comando abaixo:

sudo add-apt-repository ppa:noobslab/themes
sudo add-apt-repository ppa:noobslab/icons

Passo 3. Atualize o APT com o comando:

sudo apt-get update

Passo 4. Agora instale os programas com o comando abaixo:

sudo apt-get install win-themes win-icons

No Unity, você pode usar o Unity Tweak Tool, Gnome-tweak-tool ou Ubuntu-Tweak para mudar os ícones. Já no Mate e Cinnamon, use o Centro de controle para alterar temas/ícones. Se estiver no Cinnamon, você pode usar esses dois applets window-list e windows7-style-menu, para deixar o ambiente ainda mais parecido como o Windows.
Mas lembre-se: isso é apenas um paliativo até você se acostumar com os ambientes gráficos do Linux. O melhor que você faz é experimentar as opções que existem como elas realmente são, afinal, você está aqui para conhecer novas opções, não é mesmo?

 

Deixe uma resposta