Conheça em primeira mão as novidades do vSphere 5.5 – Parte 2

 

novidades-vmware-vsphere-versao-5.5

Melhorias no vCenter

vCenter Single Sign-On

A versão vCenter Single Sign-On 5.5 trará uma experiência mais rica para os usuários do vCloud Suite, pois permitirá o login em uma única plataforma, isso vai facilitar a implantação desta solução. A VMware ouviu muitos usuários e depois de um extenso feedback foram promovidas as seguintes melhorias:

  • Implantação Simplificada: Só será disponibilizado um único modelo de instalação independente do tamanho do cliente.
  • Maior integração com o Active Directory: A adição de suporte nativo ao AD permite autenticação cross-domain possibilitando uma relação de confiança bidirecional entre vários domínios.
  • Arquitetura: Construída do zero, esta arquitetura permite a instalação sem a necessidade de um banco de dados.

Web Client vSphere

A nova plataforma Web vSphere, que substitui o antigo client, continua a receber todas as novas features e tem como intuito liderar o caminho para a gestão na nuvem. O suporte à plataformas aumentou, sendo agora totalmente compatível com o MAC OS. Os usuários também podem acessar o cliente por quase todos os navegadores, os compatíveis são: Internet Explorer, Firefox e Chrome.

Melhor experiência de usabilidade – O cliente web inclui as seguintes melhorias na usabilidade:

  • Arraste e solte: Agora os usuários do Web Client possuem a ação de arrastar e soltar. Isso possibilita uma ação mais ágil e proativa no gerenciamento do ambiente, agora você pode migrar uma VM de um host para outro simplesmente clicando, arrastando e soltando.
  • Filtros: Com os filtros é possível criar critérios de pesquisa no inventário, por exemplo: quero listar somente as máquinas virtuais com Windows 2008 R2.
  • Itens recentes: A grande maioria dos usuários passa a maior parte de seu dia em uma determinada tarefa no ambiente virtual, logo, com este recurso do Web Client traz os itens que foram utilizados pelo usuário recentemente, facilitando assim, o uso no dia a dia.

vSphere App HA

Em versões anteriores ao vSphere 5.5, era permitido o monitoramento da máquina virtual para verificar a presença de “batimentos cardíacos” do VMware Tools ™, bem como a atividade de I/O da máquina virtual. Se nenhum deles é detectado num período de tempo especificado, o vSphere HA reinicia a VM.

No vSphere 5.5, a VMware simplificou o monitoramento de aplicativos para o  vSphere  HA com a introdução do vSphere HA App. Este novo recurso funciona em conjunto com o monitoramento do host vSphere HA e monitoramento da máquina virtual para melhorar ainda mais o tempo de atividade do aplicativo. vSphere HA App pode ser configurado para reiniciar um serviço de aplicação quando um problema é detectado.

Políticas HA App vSphere

As políticas do vSphere HA App são facilmente configuradas na seção de administração do Web Client vSphere. As políticas definem itens, tais como: o número de vezes que o vSphere HA App tentará reiniciar um serviço, o número de minutos que irá aguardar o serviço para iniciar, e as opções para repor a máquina virtual. As políticas também podem ser configuradas para disparar alarmes no vCenter Server quando o serviço estiver baixo e a máquina virtual for reiniciada. Notificações por e-mail também estão disponíveis.

Melhoramentos do vSphere Storage

Suporte a VMDK de 62 TB

A VMware aumentou o limite do tamanho de um disco na VM, passando de 2TB para 62 TB. O tamanho máximo de um Raw Device Mapping (RDM) também passou de 2TB para 62TB. Os snaphosts também acompanham esta tecnologia. Com este tamanho, a VMware atende aos requisitos de todas as aplicações existentes no mercado.

Suporte E2E 16GB

No vSphere 5.0 a VMware implementou suporte a HBAs FC de 16GB, porém, as mesmas trabalhavam a 8GB. No vSphere 5.1 foi lançada a compatibilidade com 16GB, porém, não era ativado de forma automática, sendo necessária a configuração no Switch. Na versão 5.5 a compatibilidade é ponto a ponto sem a necessidade de configuração extra.

vSphere Replication Interoperability

Na versão 5.1 do vSphere tínhamos um problema com o Storage vMotion quando tínhamos o vSphere Replication ativado. Acontece que quando mudávamos de datastore o vSphere entendia que a VM havia sido desligada ou descontinuada, sendo assim, ele refazia uma sincronização full. Esta atividade por vezes demorava muito, o que poderia ser fatal em caso de um desastre. No vSphere 5.1 este problema foi resolvido, o vSphere permite o Storage vMotion sem comprometer a replicação dos dados.

via Profissionais TI.

Deixe uma resposta